quarta-feira, 20 de março de 2019

Pacientes denunciam falta de medicamentos em Farmácias Cidadãs do Espírito Santo

De acordo com a testemunha, só nesta listagem, ao menos 17 medicamentos gratuitos estariam em falta


Uma listagem informando a falta de 17 remédios, em uma Farmácia Cidadã localizada no bairro Portal de Jacaraípe, na Serra, foi anexada na entrada da unidade e chamou a atenção de quem necessita fazer uso dos medicamentos.  Por meio de nota, a Secretária de Estado da Saúde do Espírito Santo (Sesa) esclareceu que dos 17 medicamentos listados, 12 estão em falta, parte aguardando a distribuição do Ministério da Saúde e parte que estão em processo de compra pela secretaria.

Na manhã desta segunda-feira (18) alguns pacientes que estiveram no local confirmaram a indisponibilidade de alguns remédios.

De acordo com gerência de Assistência Farmacêutica Estadual, as dez Farmácias Cidadãs espalhadas pelo o estado atendem aproximadamente 1.800 pacientes por dia. Contudo, mantém a média de 92% de cobertura de medicamentos, estando entre os melhores do Brasil. Só em 2018, por exemplo, mais de 900 mil pessoas foram atendidas no Espírito Santo.

A Sesa informa que a demanda por medicação é livre, ou seja, qualquer cidadão tem direito. Para abertura do processo de Solicitação de Medicamentos, o paciente, ou responsável legal, deve comparecer a uma Farmácia Cidadã de referência de seu município residente portando os documentos informados no site da Secretaria de Estado da Saúde. O horário de funcionamento da Farmácia é de 7h ás 17h.

A Sesa informou que a previsão de reabastecimento será nas próximas semanas.

Segue abaixo a identificação dos medicamentos:

- Alfaepoetina - 100.000 UI – de responsabilidade do Ministério da Saúde
- Calcitonina (3 frascos) – medicamento descontinuado no país
- Deferiprona 500 mg – de responsabilidade do Estado (em processo de compra)
- Gabapentina 300 mg – não está em falta
- Hidroxiuréia – de responsabilidade do Estado (em processo de compra)
- Metilfenidato 30 mg – de responsabilidade do Estado (em processo de compra)
- Micofenolato de Mofetila – de responsabilidade do Ministério da Saúde
- Naproxeno 250mg – de responsabilidade do Estado (em processo de compra)
- Pramipexol 0,125 mg (30 comprimidos) – de responsabilidade do Ministério da Saúde
- Risperidona 2 mg – de responsabilidade do Estado (em processo de compra)
- Sevelamer 800 mg – de responsabilidade do Ministério da Saúde
- Somatropina 4 UI – não está em falta
- Somatropina 12 UI – não está em falta
- Tracolimo 5 mg – de responsabilidade do Ministério da Saúde
- Tolterodina 4 mg – de responsabilidade do Estado (em processo de compra)
- Tramadol 50 mg – de responsabilidade do Estado (em processo de compra)
- Dieta A2 – não está em falta

*Com informações da repórter Luana Damasceno, da TV Vitória / Record TV.