Ajude o Banco de Remédios

quinta-feira, 29 de março de 2018

Prince: autópsia revela que remédio 50 vezes mais forte que a heroína ocasionou morte


Quase dois anos após a morte de Prince, detalhes de sua autópsia vieram a público neste 27 de março último, terça-feira.

A agência Associated Press divulgou o relatório que mostra que o músico, que morreu aos 57 anos, tinha elevadas doses de fentanila, analgésico 50 vezes mais forte do que a heroína, em sua corrente sanguínea.

A taxa de fentanila encontrada no corpo de Prince era de 67,8mg por litro de sangue, quando concentrações de 3mg por litro já são letais.

"A quantidade no sangue dele era extremamente alta, mesmo para pacientes com dores crônicas que são tratados com fentanila'', afirmou o médico Lewis Nelson, responsável pelo serviço de emergência da Rutgers New Jersey Medical School.

Prince morreu em 21 de abril de 2016.